Arquivo de maio, 2010

Paulo Ragassi, Carlos Dafé, e Maga Lieri no show do CEU AZUL DA COR DO MAR

Sexta-Feira, dia 28 de maio, a partir das 15 horas, Maga Lieri & Paulo Ragassi, recebem no PROGRAMA TAH LIGADO! A lenda viva da Soul Music Brasileira: o Mestre CARLOS DAFÉ! Carlos Dafé, compositor, multi-instrumentista (toca violão, guitarra, baixo, piano, acordeão e vibrafone.) e cantor. nascido no subúrbio de vila isabel, no rio de janeiro numa família profundamente musical, já aos 11 anos estudava no conservatório de música e aos 14 já tocava acordeon e vibrafone em conjuntos e orquestras. O início a sua carreira, em 1967, está marcado por sua participação no grupo dom salvador e abolição, que foi o primeiro grupo formado só por negros a tocar soul music em um festival da tv globo. em 1970, fez turnê com o grupo fuzi 9, do corpo de fuzileiros naval, por Salvador (Bahia), porto rico, martinica e curaçau e daí não parou mais. Em 1972, gravou um compacto simples com as músicas “venha matar saudades” e “verônica”, ambas de sua autoria. Por essa época, Tim Maia ao ouvir esse seu primeiro disco, o convidou para integrar a sua banda como tecladista e vocalista. mais tarde, passou a fazer parte do movimento de soul music no brasil (movimento Black Rio), juntamente com Tim Maia, Dom Salvador, Cassiano, Gérson King Combo, Lincoln Olivetti, Sandra Sá, Dom Filó (Equipe Soul Gran Prix), Alcione (irmão de Oberdan Magalhães), Nirton, Banda Black Rio, Robson Jorge, os diagonais, Toni Tornado e Paulinho Guitarra, entre outros. daí em diante gravou seus discos solo, mas não deixou de ter suas composições requisitadas por alguns dos maiores artistas brasileiros. Entre os vários intérpretes de suas músicas estão Tim Maia, Cauby Peixoto e Agnaldo Timóteo, Emílio Santiago. grandes cantoras como Elza Soares, Tânia Alves, Dóris Monteiro, Alcione, Nana Caymmi, Marinês e Tânia Maria entre outras não menos importantes. com o passar do tempo seu trabalho que já era reconhecido, passou a ser reverenciado pelas novas gerações de músicos e DJ´s dentro e fora do Brasil. o Funk e Soul com toda a malemolência derivada do samba de Dafé que por vezes andou um pouco esquecida (principalmente no início dos anos 90), foi apresentado a um público renovado, que em alguns casos nunca ouviu falar ou então possívelmente já ouviu sua voz explosiva nas poucas remanescentes vitrolas portáteis dos pais. Então não percam o PROGRAMA TAH LIGADO! Dia 28 de maio, a partir das 15 horas pela WWW.alltv.com.br, como muito soul, gravações exclusivas do show do Dafé do dia 15 de maio, e outras surpresas! Maga Lieri & Paulo Ragassi aguardam todos vocês no chat!

Anúncios

ELEVADO 3.5, dirigido pelos diretores João Sodré, Maíra Bühler e Paulo Pastorelo, é um filme sobre o mundo de pessoas que se cruzam ao longo dos 3.5km do Minhocão, via expressa construída na região central de São Paulo, durante a ditadura militar. O documentário terá uma exibição especial ao ar livre, no dia 30 de maio, na via elevada. Do nível da rua ao último andar, o espectador é conduzido por diferentes pontos de vista. Por cima e por baixo da via, à sombra ou nos fios de luz que desenham uma cidade recortada, o filme se desenrola por meio do mergulho nas histórias dos personagens. A memória do alfaiate, do pedreiro, do comerciante, das filhas do imigrante italiano ou da cantora, cede espaço para imagens de arquivo. As palavras da cabeleireira transexual, do senhor “diplomado na escola da vida”, o canto de uma pessoa solitária, inserem novamente o espectador no presente. Tempos se entrecruzam. Outros personagens aparecem. Pessoas que estão ali por opção ou não, há muito ou pouco tempo, de diferentes idades e origens. O Elevado provoca e converge os olhares: de janela para janela, do segundo andar para a via expressa, do carro para dentro do apartamento, do ônibus para o comércio, do comerciante para o transeunte, da cobertura para a paisagem. ELEVADO 3.5 venceu o Festival “É tudo verdade / It’s all true” em 2007 e participou dos seguintes festivais: 24º Festival de Cine de Bogotá, 16º Festival de Biarritz, 22º Festival Del Cinema Latino Americano (Trieste), 48º Festival dei Popoli (Firenzi), 1º Brazilian Filme Festival of Toronto, 11º FórumDoc.BH, 29º Festival Del Nuevo Cine LatinoAmericano (Havana), 20º Rencontres Cinemas D’Amérique Latine de Toulouse. Sobre os diretores: Paulo Dominguez Pastorelo é arquiteto e urbanista formado pela FAU/USP. Iniciou sua carreira de documentarista com o filme Vale o Homem seus Pertences (52min), realizado em co-produção com  STV – Rede SescSenac de Televisão em 2005. Dirigiu e produziu, em parceria com João Sodré, o vídeo educativo Desenhos do Mundo e Descobrimentos Imaginados (14min) para exposição de cartografias de São Paulo no Museu Paulista em 2005. Foi também 1o assistente de direção do cineasta Rodolfo Nanni no longa-metragem documentário O Retorno, premiado no Festival Cine – PE em 2008. Atualmente, finaliza seu mestrado em cinema na Universidade Sorbonne-Nouvelle Paris III e se prepara para filmagem do longa-metragem Tokiori – Dobras do Tempo em agosto deste ano [www.tokiori.wordpress.com]. Maíra Santi Bühler formou-se em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo em 2001. Em 2006, defendeu seu mestrado, “Vida e Morte no Campo Alegre: um Estudo Etnográfico no Jequitinhonha”, no departamento de Antropologia da mesma instituição. Tem formação complementar e experiência profissional na área de fotografia e vídeo e trabalha com antropologia e imagem. Dirigiu os documentários  Elevado 3.5 (2007) e A Aranha Vive Daquilo que Tece (2002). João Clark de Abreu Sodré é arquiteto e urbanista formado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (2005) e mestre na mesma instituição com a dissertação Arquitetura e viagens de formação pelo Brasil, 1938-1962 (2010). Integra o escritório gruposp, com Alvaro Puntoni, desde 2004. Produziu, com Paulo Pastorelo, o vídeo educativo Desenhos do Mundo e Descobrimentos Imaginados para exposição “Cartografia de uma história. São Paulo colonial: mapas e relatos”, Muse Paulista (2005). Brasil, 2007, 72min. Direção / Pesquisa / Roteiro: João Sodré, Maíra Bühler & Paulo Pastorelo. Personagens Entrevistados: Luiz Sollazzi, Alcyr Christoforo, João Batista Correa da Paixão, Ananias Pereira dos Santos, entre outros. Produtora: Pr!mo Filmes. Produtor Executivo: Matias Mariani. Diretor de Fotografia: Lula Carvalho. Técnico de Som: Paulo Seabra. Assistente de Produção: Camila Camargo & Natália Valiera. Trilha Sonora Original: Eduardo Nazarian e Guilherme Garbato. Sinopse Curta: Documentário sobre a vida de pessoas que moram, trabalham e/ou circulam ao longo do Minhocão, via elevada que atravessa a região central de São Paulo.

Estão chegando as eleições 2010 e, com elas, as campanhas, as promessas, as reclamações do povo, as denúncias de corrupção e muita desconfiança. Mas será que não nos equivocamos, muitas vezes, ao relacionar política com um mundo perverso e distante de nós? Em vez de criticar, não é hora de melhorar o cenário político do nosso país?  Esse é o objetivo de Quem precisa de política?, lançamento infantojuvenil da PAULUS: motivar os jovens a participar da vida em comunidade e exercer a sua cidadania. Escrito por Luís Fernando Pereira, o livro conta a história de Helena, garota que julgava política como algo chato, inútil e que nada tinha a ver com o seu cotidiano. Helena muda de opinião quando, ao lado de Olavo, engajado presidente do grêmio estudantil, começa a trabalhar na direção do jornal da escola e percebe que muitas atitudes do seu dia a dia são políticas, como debater uma ideia em sala de aula ou participar de campanhas sociais. Juntamente com seus amigos, ela também se envolve com as eleições para presidente da Associação de Bairro, conscientizando a comunidade de que é importante conhecer os candidatos, as suas propostas e intenções. O autor recria episódios comuns do cotidiano dos jovens, estabelecendo proximidade entre o leitor e os personagens. Para ele, a obra apresenta diversos pontos de vista, mas cada um irá encontrar uma forma própria de exercer seu papel político. “Eu acredito que ler sobre personagens com posições diferentes sobre quase tudo pode colaborar na formação de pessoas dispostas a conversar sobre suas opiniões, sem querer meramente impor suas posições aos outros”, explica. O livro também conta com quadros explicativos que elucidam alguns termos políticos, dá dicas de como os jovens devem atuar de forma madura e pacífica dentro da comunidade onde vivem, além de sugerir boas leituras relacionadas ao tema, como Étienne de La Boétie, autor de “Discurso da Servidão Voluntária”. Quem precisa de política? pertence à coleção De que lado você está?, excelente instrumento para pais e professores tratarem de assuntos sérios com os jovens, de forma alegre e criativa. Luís Fernando Pereira é bacharel em Comunicação Social – Jornalismo, mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC/SP e doutorando em Comunicação e Semiótica pela mesma instituição. Tem vários trabalhos publicados e ganhou o 3º lugar no Prêmio Jabuti, na categoria Didáticos e Paradidáticos em 2008. Serviço: Título: Quem precisa de política? Autor: Luís Fernando Pereira  Coleção: De que lado você está?  Acabamento: brochura Formato: 13,5 cm x 21 cm  Paginas: 112  Preço: R$ 22,00 Áreas de interesse: Geografia, História e Língua Portuguesa

Quando convidamos o Cabo Adolfo de Moura Lóra no primeiro programa TAH LIGADO! de 2.010 para falar do lindo trabalho “Projeto Biblioteca”, na Base Comunitária de Segurança do Jardim Ranieri, na Zona Sul de São Paulo, nas proximidades do Jardim Ângela e Capão Redondo, e após o programa conversamos sobre um projeto musical na região, não sabíamos que estava tão próximo este sonho, e a união de esforços de pessoas interessadas em cultura, e propalar esta cultura para uma comunidade. De repente nasceu o projeto do Primeiro Jardim Angela Music In Festival é uma iniciativa do grupo Poesia Samba Soul e conta com recursos e apoio do projeto Movimento Despertar, CEU Feitiço da Vila, Subprefeitura do M´Boi Mirim, Instituto Sou da Paz , Base Comunitária de Segurança do Jardim Ranieri,Neo markets, SPTV (REDE GLOBO ), PROGRAMA TAH LIGADO! da allTV, Supermecado 3M… A 1ª edição do Jardim Ângela Music Festival tem como intuito identificar, apoiar e dar visibilidade a artistas e bandas, situados na zona sul da cidade de São Paulo.  O Festival, na medida em que valoriza os talentos musicais da região, contribui para que o Jardim Ângela – estigmatizado por muito tempo como uma das regiões mais violentas do mundo – seja reconhecido como um lugar de referência no cenário musical pelos talentos que aglutina. Os dez primeiros colocados do Jardim Ângela Music Festival terão como premiação os seus trabalhos produzidos. Essas gravações integrarão a 1ª coletânea do Festival. Cada uma das 10 bandas ou artistas terão direito a 50 cópias do CD e uma cópia do DVD com o documentário do Festival. Os 05 primeiros colocados, além dos CDs e DVD, receberão assessoria do projeto Movimento Despertar. Acreditamos que a música quebra barreiras, aproximando as pessoas.  O ser humano é musical e tem na sua natureza a predisposição à música e a se expressar por meio dela de diferentes formas. O I Festival “JD.Ângela Music  Festival” e um projeto cultural dedicado à música. Sua missão é ajudar a identificar, apoiar e destacar ações que representem a qualidade e a diversidade da música brasileira. A música que se projeta para o mundo valorizando nossas raízes e nossos valores. O l Festival estará sempre a procura de  talentos  musicais que queiram seguir carreira e que primem pela criatividade que está na essência de todos nós brasileiros. Uma das formas de expressão do I Festival se dá por meio da seleção e eliminação  Os dez primeiros colocados terão como incentivo a produção musical de um trabalho de própria autoria gravado no Cd  “JD.Ângela Music  Festival”. Com muito orgulho, com muita alegria Maga Lieri e Paulo Ragassi, serão os apresentadores, e co-produtores deste maravilhoso Projeto! Aguardem que logo logo, postaremos as datas das inscrições, eliminatórias, e todos os dados para vocês participarem desde mega evento!

CARLOS DAFÉ DIA 15 DE MAIO NO CEU AZUL DA COR DO MAR!

O CEU AZUL DA COR DO MAR tem confirmada a presença do músico CARLOS DAFÉ na sua programação de ssabado na virada cultural, e Maga Lieri & Paulo Ragassi estarão lá cobrindo o evento para o TAH LIGADO! Dafé que firmou-se como um dos maiores nomes da soul music brasileira. a apresentação será no dia 15 de maio às 19h. Carlos Dafé, compositor, multi-instrumentista (toca violão, guitarra, baixo, piano, acordeão e vibrafone.) e cantor. nascido no subúrbio de vila isabel, no rio de janeiro numa família profundamente musical, já aos 11 anos estudava no conservatório de música e aos 14 já tocava acordeon e vibrafone em conjuntos e orquestras. O início a sua carreira, em 1967, está marcado por sua participação no grupo dom salvador e abolição, que foi o primeiro grupo formado só por negros a tocar soul music em um festival da tv globo. em 1970, fez turnê com o grupo fuzi 9, do corpo de fuzileiros naval, por Salvador (Bahia), porto rico, martinica e curaçau e daí não parou mais.  Em 1972, gravou um compacto simples com as músicas “venha matar saudades” e “verônica”, ambas de sua autoria. Por essa época, Tim Maia ao ouvir esse seu primeiro disco, o convidou para integrar a sua banda como tecladista e vocalista. mais tarde, passou a fazer parte do movimento de soul music no brasil (movimento Black Rio), juntamente com Tim Maia, Dom Salvador, Cassiano, Gérson King Combo, Lincoln Olivetti, Sandra Sá, Dom Filó (Equipe Soul Gran Prix), Alcione (irmão de Oberdan Magalhães), Nirton, Banda Black Rio, Robson Jorge, os diagonais, Toni Tornado e Paulinho Guitarra, entre outros. daí em diante gravou seus discos solo, mas não deixou de ter suas composições requisitadas por alguns dos maiores artistas brasileiros. Entre os vários intérpretes de suas músicas estão Tim Maia, Cauby Peixoto e Agnaldo Timóteo, Emílio Santiago. grandes cantoras como Elza Soares, Tânia Alves, Dóris Monteiro, Alcione, Nana Caymmi, Marinês e Tânia Maria entre outras não menos importantes. com o passar do tempo seu trabalho que já era reconhecido, passou a ser reverenciado pelas novas gerações de músicos e DJ´s dentro e fora do Brasil. o Funk e Soul com toda a malemolência derivada do samba de Dafé que por vezes andou um pouco esquecida (principalmente no início dos anos 90), foi apresentado a um público renovado, que em alguns casos nunca ouviu falar ou então possívelmente já ouviu sua voz explosiva nas poucas remanescentes vitrolas portáteis dos pais. (texto Kemla Baptista). SERVIÇO: CARLOS DAFÉ NO CEU AZUL DA COR DO MAR – Dia 15 de maio de 2.010, às 19:00 Hs. –  Rua Ernesto de Souza Cruz, 2171 – Cidade Antonio Estevão de Carvalho – telefone (11) 2042-3000 – smeceuazuldacordomar@prefeitura.sp.gov.br

A menos de um mês do Dia dos Namorados, homens e mulheres reúnem-se, pelo segundo ano consecutivo, em locais públicos para “protestar” contra a dificuldade de encontrar sua cara metade. O Movimento dos SEM Namorados, que atraiu mais de 3,5 mil pessoas no ano passado, espera para esta edição 6 mil participantes. De acordo com o último Censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgado em 2000, existem mais de 74 milhões de solteiros no país. A fim de mudar essa realidade, o ParPerfeito – maior site de relacionamento do Brasil –, promove mais um evento para agrupar pessoas com um objetivo comum: “protestar” por estarem sozinhos de uma forma simples e bem-humorada. Em São Paulo, o Movimento dos SEM Namorados está programado para sábado, dia 29 de maio, no Parque do Ibirapuera. A concentração acontece na Arena de Eventos (próxima ao Portão 10), às 14h, e a animação ficará por conta de músicos, que tocarão marchinhas de carnaval e baladas de amor. Já no Rio de Janeiro, a passeata será domingo, dia 30, na Praia de Ipanema. Os participantes se reúnem, às 14h, no Posto 12, e seguirão em direção ao Posto 9, também acompanhados pela animação da banda. “Depois do sucesso do último ano, nossa expectativa é receber ainda mais gente. Além de unir homens e mulheres pela mesma causa, o Movimento é uma maneira divertida de chamar a atenção da população para a quantidade de pessoas bacanas que não encontram um companheiro com o perfil desejado”, explica Claudio Gandelman, presidente do Match Latam, grupo detentor do ParPerfeito. Além do site http://www.movimentodossemnamorados.com.br, a iniciativa é divulgada por mídias sociais e já coleciona seguidores no Twitter, Facebook e Orkut. As ações virais também contam com banners em sites, como Yahoo!, iG, MSN e Google. “É importante as pessoas solteiras notarem que não estão sozinhas na batalha para encontrar alguém. Nosso objetivo principal é mostrar que, para cada um que está só, existe um par. E como temos milhões de solteiros no Brasil, quem participa do Movimento dos SEM Namorados, ao vivo ou pela internet, tem grandes chances de encontrar alguém”, completa o executivo. Em 2009, o portal da iniciativa recebeu mais de 25 mil cadastros nos primeiros 10 dias em que esteve no ar. Comunidades foram criadas no Orkut e no Twitter, gerando um marketing viral que impulsionou mais de 100 mil registros no Google, em páginas do Brasil, nos três dias posteriores à ação apenas para a frase exata “movimento dos sem namorados”.Este ano, a organização providenciou cartazes, balões, faixas e camisetas para apoiarem as passeatas e disponibilizou, no site do evento, um manual para que pessoas de outras cidades possam organizar seus próprios movimentos. Sobre o ParPerfeito: Fundado no ano de 2000, o ParPerfeito pertence ao grupo Match Latam, resultado da fusão dos dois gigantes em relacionamento online: Meetic e Match.com, e conta com 21 milhões de usuários no Brasil. Entre os seus principais diferenciais para os usuários está a excelência tecnológica, que permite buscas detalhadas por critérios específicos dos perfis cadastrados, ferramentas de interação entre os usuários, política de privacidade, além da facilidade de navegação do site. Os consumidores podem se cadastrar a qualquer momento gratuitamente, porém somente os usuários pagantes têm acesso a benefícios e ferramentas exclusivos. www.parperfeito.com.br. Sobre o Match Latam: O Match Latam é resultado da fusão na América Latina dos dois gigantes em relacionamento online: Meetic e Match.com. Operando desde março de 2010, é proprietário dos sites ParPerfeito, o maior em relacionamento online no Brasil, Divino Amor, portal direcionado a evangélicos, e G Encontros, para gays, lésbicas e bissexuais. O grupo ainda opera em outros países, como Argentina, Chile, Colômbia, México e Peru e tem 60 milhões de usuários na América Latina. http://www.matchlatam.com.

O concerto de violino, viola e violoncelo contemplará obras dos compositores Mozart, Boccherini, Bach e Strauss. Única apresentação será realizada domingo (9/05), ao meio-dia.  A entrada é franca. São Paulo, 3/05/2010 – O Quarteto São Paulo fará única apresentação dia 9 de maio (domingo), no Teatro do SESI – São Paulo, às 12 horas. O repertório do grupo apresentará obras de compositores como os austríacos Wolfgang Amadeus Mozart e Johan Strauss, o alemão Johann Sebastian Bach e o italiano Luigi Boccherini.  O projeto Música em Cena visa democratizar o acesso à música erudita, representando a significativa contribuição da indústria de São Paulo para oferecer ao público o encontro com a linguagem musical e a promoção da cidadania. Histórico do grupo – O Quarteto São Paulo é a soma dos talentos dos seus integrantes, que se reflete na rica sonoridade e talentosa interpretação, resultado de anos de trabalho e de uma grande amizade. O grupo participou de grandes festivais, como Festival de Música Contemporânea de Salzburgo, Festival Brasilianischer Musik Karlsruhe – Alemanha, International Mandolin Festival – EUA, Zuid-Amerikaans Kamermuziek – Bélgica e Festival Internacional de Música Miguel Astúrias – Guatemala. Os músicos representaram o Brasil em turnê pela América Central, Estados Unidos, Hungria e Rússia, no encerramento do Festival de Música Latino-Americana na Sala Tchaikovsky. Formado pela Liszt Ferenc Academy of Music, em Budapeste (Hungria), Claudio Micheletti atuou como violinista em diversas grupos musicais, como Osesp, Orquestra Sinfônica Municipal, Camerata Fukuda, Orquestra Experimental de Repertório e Orquestra Sinfônica de Campinas. Alexandre Cunha integrou a Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, Orquestra Nova Filarmônica e Camerata Santo Américo. Participou, também, da Camerata de Blumenau, com a qual realizou turnê pela Alemanha, Áustria e Suíça. Atualmente, é membro da Orquestra Sinfônica da Universidade de São Paulo.  A violista Estela Cerezo Ortiz é spalla da Osusp e da Orquestra Experimental de Repertório. Atua como solista e camerista no Brasil e Europa.  O violoncelista Julio Cerezo Ortiz também é spalla da Osusp e da Orquestra Experimental de Repertório. Já se apresentou nos Estados Unidos, Rússia e outros países europeus.  Músicos: Claudio Micheletti, violino; Alexandre Cunha, violino Estela Cerezo Ortiz, viola; Júlio Cerezo Ortiz , violoncelo. Programa: W. A. Mozart (1756-1791). Divertimento em Si bemol maior  Andante Allegro di molto  Allegro assai Divertimento em Fá maior  Allegro  Andante  Rondó  Luigi Boccherini (1743-1805)  Minueto Johann Sebastian Bach (1685-1750)  Ária  Johann Strauss (1804-1849)  Danúbio Azul – Valsa. Calendário de maio: 16/05/2010 Russian Virtuosi of Europe; 23/05/2010 Duo Del Claro e Ricardo Ballestero; 26/05/2010 Banda Sinfônica do Estado de São Paulo; 30/05/2010 Quinteto Sopra 5. SERVIÇO:  Música em Cena 2010 – Quarteto São Paulo. Local: Teatro do SESI – São Paulo – Av. Paulista, 1313 – Metrô Trianon-Masp. Data e horário: dia 9 de maio (domingo), às 12 horas.. Entrada: Franca – A distribuição dos ingressos tem início a partir da abertura da bilheteria, no dia do espetáculo – domingo, a partir das 11 horas. São distribuídos dois ingressos por pessoa. Recomendação etária: livre  Informações: (11) 3146-7405/7406