O LENDÁRIO TROMBONISTA RAUL DE SOUZA

Publicado: 27/10/2011 em allTV, Paulo Ragassi, PROGRAMA TAH LIGADO!, Uncategorized
Tags:, , , , ,

Nascido no Rio de Janeiro no dia 23 de agosto de 1934, Souza trabalhou como sideman nos anos setenta para Sérgio Mendes, Flora Purim, Airto Moreira e Milton Nascimento. O trombonista também trabalhou com jazzistas nos álbuns de Sonny Rollins e Cal Tjader. Assinou com o Capitol em 1976, onde gravou seu primeiro álbum, “Sweet Lucy”, que foi lançado no ano seguinte. Tanto “Sweet Lucy” quanto “Don’t Ask My Neighbors”, seu segundo álbum na Capitol, foram produzidos por George Duke. Mas a troca de produtores, mudando de Duke para Arthur Wright, na gravação de “‘Til Tomorrow Comes” fez com que Raul se encaminhasse para a onda da discoteca. Deixando de lado o jazz, “‘Til Tomorrow Comes”, seu último álbum para a Capitol, acabou enfraquecendo seu espaço na produção musical e o relegou a um certo esquecimento nos anos oitenta.  Durante os anos 80 e 90, viveu entre Rio e São Paulo, fazendo shows esporádicos, gravando discos (“A Arte do Espetáculo”, “The Other Side of The Moon”) muito aquém de seu talento, e participando de sessões com Gilberto Gil, Toninho Horta, Maria Bethânia, Lisa Ono, Salena Jones, Nelson Angelo, Taiguara, João Donato, Eloir de Moraes, e no último disco de Jobim, o Grammyado “Antonio Brasileiro”. Por sorte, antigas gravações até então inéditas com Airto & Flora (“Colours of Life”, “Aqui Se Puede”, “Samba de Flora”) e Georgie Fame (“The In-Crowd”) foram finalmente editadas, impedindo que seu nome caisse em total esquecimento no exterior. Em 1998, às vésperas de mudar-se para Paris, lançou ótimo CD em dupla com o trombonista Conrad Herwig, “Rio”, nos moldes da parceria entre J.J. Johnson & Kai Winding. Porém, jamais igualando os espetaculares álbuns de estréia no Brasil (“À Vontade Mesmo”) e EUA (“Colors”), ainda hoje as obras-primas de sua discografia. Atualmente, depois de viver, tocar e gravar nos EUA por muito anos, Raul de Souza está de volta ao Rio de Janeiro. Ele está dedicando seu tempo à composição, tocando pelo Brasil afora e gravando com talentos como Gal Costa, Leny Andrade e astros internacionais como Lisa Ono, Selena Jones e Joyce Collins.

DISCOGRAFIA

1965 À Vontade Mesmo RCA
1968   International Hot What Music
1974   Colours OJC
1977   Sweet Lucy Capitol
1978   Don’t Ask My Neighours Capitol
1979   ‘Til Tomorrow Comes Capitol
1986   Viva Volta Top Tape
1992   A Arte do Espetáculo (ao vivo) RGE
1996   20 Preferidas RGE
1998   Rio Eldorado
2000   No Palco Inter Records
2005   Elixir Blue Touch

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s