Arquivo de julho, 2012

Quando pensamos em música, podemos afirmar que a música sempre existiu eventual e aleatoriamente na natureza. Os sons produzidos pela natureza transmitem sentimentos e energias às pessoas, que param para observar e escutar o grande musical produzido pela natureza. O som do vento cortando o ar e balançando as folhas das árvores; o som das águas calmas de um riacho ou o barulho de uma corredeira e de uma linda cachoeira, o som dos mais variados pássaros, os animais que vivem nas matas e que utilizam diferentes sons para se comunicarem, no mar as baleias e os golfinhos também emitem sons e se comunicam por meio deles. a natureza oferece música graciosa e linda que nem sempre as pessoas sabem apreciar. O homem também faz parte da natureza, e como um ser da natureza ele também é um ser musical nato, portanto a música está sempre entre nós, e com certeza está em todos os meios de expressão artística, na dança, no cinema, na dramaturgia, etc. E pensando assim o PROGRAMA TAH LIGADO, inaugura esta nova fase – sempre tendo a música como sua estrela principal – mostrando como todas as expressões artísticas,  unem-se à musica. Bate-papos interessantes acontecerão no programa também com profissionais da música. Mostraremos o outro lado de quem também vive da música: Produtores Musicais, Engenheiros de Som, Arranjadores, Produtores Culturais, Assessores de Imprensa, Roadies, que além de mostrarem aos nossos internautas seus respectivos trabalhos, contarão histórias hilárias do dia-dia, e tudo regado com o melhor da música independente!! Então galera, não esqueçam: PROGRAMA TAH LIGADO!, todas as sextas, às 16h pela www.alltv.com.br. Apresentação: Paulo Ragassi & Anabel Bian.

O SINTONIA TAH LIGADO da MkkWeb Radio, tem o objetivo de aproveitar o potencial da internet como grande difusor da cultura, bem como permitir o acesso democrático a variadas formas de expressão musical, num ambiente aberto, receptivo e propício às práticas culturais. O verdadeiro espaço para o artista e a música de qualidade. É mais que um programa musical, ele além de abrir as portas para o artista independente, e de receber ícones da nossa música, é um espaço democrático, onde o artista além de mostrar o seu trabalho, “solta a voz” para debater política, comportamento, e lógico os rumos de nossa música brasileira, e agora voce pode escolher qual o proximo programa especial que voce quer ouvir! Seja o nosso pauteiro votando na esquete!!

Neste domingo, DIA 22 DE JULHO, AS 23 HORAS,  no SINTONIA TAHLIGADO pela MkkWeb Radio eh FABIO BARROS. É com muito prazer que recebemos o dom musical desde respeitado e talentoso músico paulistano. Poderíamos gastar linhas e mais linhas falando da sua formação musical, suas parcerias com os mais renomados músicos da atual cena brasileira. Fabio Barros é aquele artista completo, compositor, cantor, violinista e violeiro. Entre seus trabalhos, foi fundador da Mostra Intinerante de Música Autoral e também criador do elogiado Grupo Grão. A mús…ica nunca foi tão bem tratada. Seu último trabalho “Enquanto Eu Caminhava”, Fabio resgata a paixão do violeiro pelas cordas e seu passeio pelo corpo do violão, do bater do pulso, do momento da voz e da fulga final dos dedos. Sua contemporaneidade está aplicada na qualidade técnica e na sutileza das composição que parecem seguir solta da música, na mais perfeita liberdade poética. Fabio Barros é o encontro da música com a poesia, ambas em ritmos diferentemente harmônicos.

Após um exaustivo dia de trabalho, Luís acorda no meio da madrugada. Desesperado, sai às ruas em uma busca misteriosa. Conforme o tempo passa, fica cada vez mais difícil conseguir o que procura. Esta é o sinopse do curta VONTADE dirigido e roteirizado por FABIANA SERVILHA, que está no Festival ArtDeco de Cinema. O Festival, em sua quarta edição, Veículo para difusão e premiação da produção audiovisual de ficção e documental no formato de curta metragem. Tem o objetivo de exibir trabalhos de cineastas pouco divulgados. Promover encontros, debates, intercâmbio entre produtores, atores e espectadores, criando um ambiente propício ao entrosamento cultural. 

FILMOGRAFIA DA DIRETORA – Fabiana Servilha estudou direção cinematográfica na Academia Internacional de Cinema de São Paulo, dirigiu o curta metragem “Aqueles Olhos” em 16 mm/ horror que ganhou o prêmio Estimulo Estudante no festival Cinefantasy 2010, em seguida dirigiu o “Vontade”/ thriller e o média metragem “Estrela Radiante”/ ficção científica/horror como projeto de TCC. Email para contato: fabiana.servilha@bol.com.br.

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

título = VONTADE / WILL

formato = HD cam

formato exibição = DVD

data produção = junho 2010

 finalização = julho 2011

Classificação = 14 anos

Língua = Português

legenda = Inglês

gênero = Thriller

tipo = Ficção

janela = 1,77       16/9

categoria = Estudante

cidade estado país = São Paulo SP/ Brasil

cor = Colorido

som = Carla Monteiro

duração = 10 minutos

direção = Fabiana Servilha

elenco = Alexandre Rabello; Douglas Domingues; Marina Ballarin

roteiro = Fabiana Servilha

empresa produtora = Pulso Filmes

direção produção = Cinema do Medo

produção executiva = Carla Monteiro

direção fotografia = Henrique Rodriguez

direção arte = Stefanni Marion

 montagem / edição = André Coletti

trilha sonora = Rodrigo Bojikian

designer de Créditos = Rafael Tiede

 

A cantora mineira BEATRIZ RODARTE apresenta o show “Natural”, marca inaugural de uma nova fase em sua carreira.  Dia 14 de Julho (sábado) às 22h30, e voce pode assistir a este show na faixa:  AS 5 MELHORES FRASES COM A PALAVRA NATURAL, ALÉM DE GANHAREM UM PAR DE INGRESSOS PARA ASSISTIR AO SHOW, GANHARÃO CAMISETAS EXCLUSIVAS DO PROGRAMA TAH LIGADO! MANDE SUA FRASE PARA: tahligado@alltv.com.br.

 

Beatriz Rodarte apresenta seu novo show Natural no Ao Vivo Music no próximo dia 14. ( 14 de junho/ Sábado). O Pop, o rock e a soul music são características marcantes no trabalho de Beatriz. O canto e a poesia são o fio condutor do novo trabalho da cantora. Nascida em Belo Horizonte, sua música traz a força da poesia mineira com a sutileza e o bucolismo das paisagens de Minas. Beatriz inaugura uma nova fase que mostra uma cantora envolvida com as suas raízes e sua natureza. Depois de trabalhar o seu primeiro disco Circo de Ilusões durante um ano em turnê pelo Brasil e de ser elogiada por grandes nomes da música brasileira como Milton Nascimento e Marcus Viana, Beatriz começa esta nova jornada, enfatizando a música mineira das montanhas. O show: A direção do show é da cantora, e a produção musical é do paulista Maurício Caruso (atualmente é guitarrista da cantora Sandy, das cantoras Dandara e Aricia Mess, entre outros). Experiente na cena musical, Caruso sempre se identificou com a música mineira. Junto com Beatriz, montou um repertório de músicas inéditas, entre composições de Beatriz e parcerias da cantora com compositores da música brasileira como Carlos Colla, Sofia Laura, Maurício Santini, entre outros.  O show Natural conta com uma homenagem ao Clube da Esquina que completa este ano 40 anos de nascimento. (O primeiro disco Clube da Esquina foi gravado em 1972) , e a cantora que bebeu desta fonte desde nova preparou novas versões de músicas do grupo que marcaram época para apresentar ao grande público. SERVIÇO: SHOW “NATURAL” DE BEATRIZ RODARTE –  DATA: 14.07 – HORÁRIO – 22H30 – LOCAL: AO VIVO MUSIC BAR – RUA INHAMBU, 229, MOEMA. INGRESSOS: R$20. TEL: (11) 5052-0072

Amigos, no proximo sabado dia 07 de julho, as 18h pela http://www.mkkwebradio.com.br, Paulo Ragassi e Anabel Bian farao uma homenagem aos 40 anos de SECOS & MOLHADOS, com um depoimento exclusivo de Gerson Conrad.

Assistam o video de Gerson Conrad & Trupi de Rosa de Hiroshima em nosso canal do youtube:

No início dos anos 70, o Brasil parou diante da banda mais revolucionária e intrigante dos últimos tempos: SECOS & MOLHADOS. Milhões de cópias foram vendidas. Jovens, velhos e crianças cantavam suas músicas e queriam desvendar este fenômeno. Sua primeira apresentação aconteceu em maio de 1971, no “cavern club” do Bixiga, Kurtisso Negro. No palco, João Ricardo estava acompanhado por dois amigos: Fred e Antônio Carlos, mais conhecido como Pitoco. Os três faziam um som completamente estranho à época, pela união entre uma viola de dez cordas, um violão de doze, uma gaita e um bongô. Por causa disso muitas pessoas foram conhecer o grupo, entre elas Luli, cantora e compositora, com quem João Ricardo fez alguns dos maiores sucessos já gravados. Em julho de 1971, Fred e Pitoco resolvem seguir carreira solo, embora a banda tivesse sido convidada por Solano Ribeiro, à época produtor de discos e de programas de televisão, para gravar o primeiro disco no selo da Rede Globo, Som Livre. João Ricardo não aceita e passa a procurar um vocalista. Por indicação de Luli, vai ao Rio de Janeiro conhecer Ney de Souza Pereira, futuro Matogrosso. Em agosto do mesmo ano Ney muda-se para São Paulo e começam os ensaios do repertório que viria a figurar no primeiro LP dos Secos & Molhados. Curiosamente, a primeira gravação seria a música “Vôo” para a peça de teatro sob a direção de Antunes Filho, que faria parte do segundo álbum anos depois. Na realidade, apenas os dois começaram a ensaiar com a participação na platéia de um vizinho, que tocava eventualmente, chamado Gerson Conrradi, depois Conrad, incorporado mais por uma necessidade estética e uma canção genial. Duraram um ano os ensaios até que eles tocassem em público, no teatro do Meio do Ruth Escobar, que virou um misto de bar-restaurante chamado “Casa de Badalação e Tédio”. O sucesso foi enorme, atraindo centenas de pessoas, inclusive o futuro empresário e um convite para gravar o primeiro LP. No dia 23 de maio de 1973 entram no estúdio “Prova” para gravar em sessões de seis horas ao dia, por quinze dias, em quatro canais. Nada muito tecnologicamente excepcional, mas que venderia 300 mil cópias em apenas dois meses, quando a média dos artistas daquele tempo, era de 30 mil. A partir daí, os Secos & Molhados tornam-se o maior fenômeno da música popular brasileira, batendo todos os recordes de vendagens de discos até então. Em fevereiro de 1974 depois de uma temporada vitoriosa de um mês no teatro Teresa Raquel no Rio de Janeiro, a banda resolve despedir-se da cidade para uma tournée nacional, fazendo um show no Maracanãzinho que bateu todos os índices de público do local.