Tomas Rangel Photography

Nesta sexta no PROGRAMA TA LIGADO, Paulinho Ragassi e Carolina Hossri recebem nos estúdios da http://www.alltv.com.br o cantor e compositor PEDRO SÁ MORAES, falando de sua carreira e mostrando algumas canções do seu segundo álbum solo intitulado “Além do Princípio do Prazer”

Assista ao clipe “Incomunicável”:

teatrosescvilamariana

No mês de setembro se apresentam na praça de eventos do Sesc Vila Mariana os grupos Bolerinho Trio, Bola Sete, Lê Coelho e os Urubus Malandros e Quarteto de Cordas Vocais. Os shows acontecem sempre aos finais de semana, às 13h30.

BOLERINHO TRIO

BOLERINHOTRIO

O grupo foi nasceu em 2007, com Luísa Toller (piano e voz), Marina Beraldo Bastos (flauta e voz) e Maria Beraldo Bastos (clarinete, voz e pandeiro). O trio de música brasileira contemporânea ganhou destaque na cena musical atual ao lado de Arrigo Barnabé, na remontagem do espetáculo Clara Crocodilo, que conta também com Quinteto Mundano e Palavra Cantada. A banda se apresenta nos dias 15 e 29 de setembro.

BOLA SETE

BOLASETE

Foi formado em Sorocaba no ano de 2003, por Marcelo Cândido (violão de sete cordas), Cléber Almeida (percussão e voz) e Beto Corêa (acordeon). O grupo atingiu sua formação atual posteriormente, com a entrada de Rodrigo Moura (percussão e voz) e João Nilton (Cavaquinho e voz). Bola Sete tem suas raízes nos clássicos do samba e tem como principais influências músicos como Pixinguinha, Cartola, Nelson Cavaquinho, João Nogueira, Paulinho da Viola, entre muitos outros. A banda propõe a aglutinação de compositores tradicionais e recentes para promover a interação entre as gerações. O grupo se apresenta nos dias 7 e 21 de setembro.

LÊ COELHO E OS URUBUS MALANDROS

Lê Coelho e os Urubus Malandros

O grupo paulistano de samba foi formado em 2009 com a reunião de oito amigos músicos que se juntaram para arranjar e tocar as composições de Lê Coelho. Em 2012 lançaram o primeiro disco Um samba a mais que contou com as participações especiais de Zeca Baleiro, Vânia Bastos e Ully Costa. No show serão apresentadas todas as faixas do disco assinadas por Lê Coelho com arranjos coletivos de todos os músicos. Com Lê Coelho (voz e violão), Felipe Guimarães (violão de sete cordas), Rodrigo Monteiro (cavaquinho), Fernando Sagawa (sax e flauta) e Ivan Banho (pandeiro). O espetáculo acontece nos dias 8 e 22 de setembro.

QUARTETO DE CORDAS VOCAIS

quecorralavoz_sabadosamba_campinas_quarteto_de_cordas_vocais_topo

O Grupo é da cidade de Campinas e surgiu em 1995. Inicialmente, o quarteto interpretava canções de grandes nomes da música brasileira, como Chico Buarque, Tom Jobim, Dorival Caymmi, Cartola, Noel Rosa, entre outros.

Nos anos 2000, a banda começou a promover rodas de samba em sua cidade natal e passou a se dedicar a rodas informais com a participação de músicos da cidade. Estes encontros era conhecidos como Movimento Revivendo o Samba, que é o repertório atual apresentado pelo grupo, que conta com Adriano Dias (voz e violão de 7 cordas), Rodrigo Duarte (voz, violão, percussão geral e surdo), Deo Piti (voz, percussão geral e pandeiro) e Allessandro Diaz (voz, violão e percussão geral). As apresentações acontecem nos dias 14 e 28 de setembro.

Bolerinho Trio

Dias 15 e 29 de setembro, domingos, às 13h30

Bola Sete

Dias 7 e 21 de setembro, sábados, às 13h30

Lê Coelho e os Urubus Malandros

Dias 8 e 22 de setembro, domingos, às 13h30

Quarteto de Cordas Vocais

Dias 14 e 28 de setembro, sábados, às 13h30

Praça de Eventos – 220 lugares

60 minutos

Grátis

Bilheteria: Terça a sexta-feira das 9h às 21h30, sábado das 10h às 21h30, domingo e feriado das 10h às 18h30 (ingressos à venda em todas as unidades do Sesc).  Aceita-se todos os cartões.

Horário de funcionamento da unidade: Terça a sexta, das 7h às 21h30; sábados, das 9h às 20h30; e domingos e feriados, das 9h às 18h30.

Estacionamento: R$ 3 a primeira hora + R$ 1 a hora adicional (matriculados no Sesc). R$ 6 a primeira hora + R$ 2 a hora adicional (não matriculados). 200 vagas.

Sesc Vila Mariana

Rua Pelotas, 141

Informações: 5080-3000

sescsp.org.br

bernardocapa

Nesta sexta no PROGRAMA TA LIGADO, Paulinho Ragassi recebe nos estúdios da http://www.alltv.com.br o cantor e guitarrista BERNARDO BOMENY, além da estréia do clipe da BANDA TOMADA, e a presença da atriz CAROLINA HOSSRI, a nova apresentadora do programa!

Carolina Hossri

“Comemorar 10 anos de carreira”; foi o ponto de partida para a gravação deste novo trabalho do cantor e guitarrista Bernardo Bomeny. Reunindo composições próprias, em sua maioria, a ideia central era fazer um álbum que tivesse claras referências ao bom e velho rock’n roll com textos diretos e sem firulas.

Assista ao clipe “Não Vou Esquecer”:

Ao todo, “Plano Perfeito” conta com dez músicas. No repertório, canções como “Não Vá Dizer” com seus riffs marcantes de guitarra, “Tapete Vermelho” com seu groove contagiante e “Plano Perfeito” que dá nome ao disco e abre os trabalhos. E a ousada releitura de ‘Viva o Chopp Escuro’, de autoria de Ronnie Von, o príncipe da jovem-guarda. O disco foi gravado na Cia. dos Técnicos Studios no Rio de Janeiro, mixado por Pedro Garcia (baterista Planet Hemp) e masterizado em Seattle. Conta ainda com luxuosas participações, dentre elas Rick Ferreira, Karol Cândido e Sidinho Moreira.

Ouça a faixa “Não Vá Dizer”

Produzido por Bomeny, ‘Plano Perfeito’ chega despretensioso, porém com uma sonoridade elaborada. Um convite para quem aprecia belos riffs e melodias marcantes.

Arnaldo-Baptista

Músico revisita sucessos de sua carreira em versões intimistas ao piano

Arnaldo Dias Baptista está de volta ao palco do Sesc Vila Mariana com o show “Sarau o Benedito?”, no dia 29 de agosto, quinta.

O formato intimista conta com Arnaldo cantando e tocando ao piano de cauda, tendo como vídeo-cenário projeções de seus trabalhos como artista plástico. O set list traz mais de 70 canções, que são escolhidas na hora, tornando a apresentação única.

O trabalho de Arnaldo é referência a dezenas de grandes músicos: de Sean Lennon a Kurt Cobain, de Stereolab a Wondermints, todos influenciados por sua obra, desde seu incomum refinamento nos Mutantes até seu trabalho em carreira solo nos álbuns Loki?(1974); Singin’ Alone (1982), no qual toca todos os instrumentos e assina a produção; Elo Perdido e Faremos Uma Noitada Excelente (de 77-78 e lançados em 88). Arnaldo ainda apresentou ao mercado Let It Bed em 2004, produzido por John Ulhoa, do Pato Fu, e eleito pela revista Mojo inglesa entre os 10 melhores de 2005. Em 2008, publicou o romanceRebelde Entre os Rebeldes. Arnaldo abraçou as artes plásticas a partir de 1982 e desde então esta se tornou uma de suas principais atividades. Desde 2010, marca presença na SP-Arte. Em 2012, Arnaldo fez sua primeira grande exposição individual, Lentes Magnéticas, na Galeria Emma Thomas, em São Paulo.

Ouça Arnaldo Baptista:

Arnaldo fará parte, ainda, do Ateliê dos Músicos, exposição que abre no dia 28 de agosto no Sesc Vila Mariana.

Arnaldo Baptista
Dia 29 de agosto, quinta-feira, às 21h

Teatro – 611 lugares
Venda pelo sistema INGRESSOSESC

Não recomendado para menores de 12 anos
R$ 32,00 (inteira); R$ 16,00 (usuário inscrito no Sesc e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino com comprovante). R$ 6,40 (trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes).

Bilheteria: Terça a sexta-feira das 9h às 21h30, sábado das 10h às 21h30, domingo e feriado das 10h às 18h30 (ingressos à venda em todas as unidades do Sesc). Aceita-se todos os cartões. Horário de funcionamento da unidade: Terça a sexta, das 7h às 21h30; sábados, das 9h às 20h30; e domingos e feriados, das 9h às 18h30.

Estacionamento: R$ 3 a primeira hora + R$ 1 a hora adicional (matriculados no Sesc). R$ 6 a primeira hora + R$ 2 a hora adicional (não matriculados). 200 vagas.

Sesc Vila Mariana
Rua Pelotas, 141

Informações: 5080-3000
sescsp.org.br

olivia

Cantora realiza espetáculo para lançar seu oitavo álbum ‘Melodias de sol em pleno azul’

Olivia Genesi lança seu novo trabalho Melodias de sol em pleno azul no auditório do Sesc Vila Mariana no dia 30 de agosto. Com influências do pop, rock, reggae, groove e jazz, o álbum, que é o oitavo de sua carreira, dialoga com a vida cotidiana da cidade de São Paulo (origem da cantora).

Assista ao video clipe “Perto da Orla”:

A paulistana é também compositora, arranjadora, produtora musical e professora de música. O estilo musical adotado nas canções é o resultado da sua formação em piano e cantos eruditos, jazz, música oriental, rock e música brasileira. O primeiro disco, Olivia, foi lançado no ano 2000, seguido do cd Perto (2003). Ambos os trabalhos tinham influência de grandes nomes, que vão de Beethoven e Mozart a Tom Jobim e Gilberto Gil.

Ouça as canções de Olivia Genesi:

Com projeção internacional, Olivia apresentou o projeto Jazzy Stuff, composto pelos cds 2 por 2 (2004)  e 12 (2005), lançados no Brasil, Japão e Espanha. O repertório contou com clássicos do jazz, bossa nova e rock. Entre composições próprias e interpretações de outros artistas, a cantora lançou os discosFull Bloom (2007), Só a música faz (2009), Livre (2010) e Vintage Filter (2012). Este último, que foi um trabalho autoral, teve a parceria do pianista e tecladista Adriano Augusto. O espetáculo que apresenta seu oitavo, e mais recente álbum, Melodias de sol em pleno azul, contarão com os músicos Fábio Rodrigues (guitarra), André Sangiovanni (baixo) e Bruno Balan (bateria).

Olivia Genesi

Dia 30 de agosto, sexta, às 20h30
Auditório – 128 lugares
75 minutos
Venda pelo sistema INGRESSOSESC a partir de 01/08, às 14h.
Não recomendado para menores de 12 anos.

R$ 12 (inteira); R$ 6 (usuário inscrito no Sesc e dependentes, + 60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino com comprovante). R$ 2,40 (trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes).

Bilheteria: Terça a sexta-feira das 9h às 21h30, sábado das 10h às 21h30, domingo e feriado das 10h às 18h30 (ingressos à venda em todas as unidades do Sesc).  Aceita-se todos os cartões.

Horário de funcionamento da unidade: Terça a sexta, das 7h às 21h30; sábados, das 9h às 20h30; e domingos e feriados, das 9h às 18h30.

Estacionamento: R$ 3 a primeira hora + R$ 1 a hora adicional (matriculados no Sesc). R$ 6 a primeira hora + R$ 2 a hora adicional (não matriculados). 200 vagas.

Sesc Vila Mariana
Rua Pelotas, 141

Informações: 5080-3000

OTEMPOSALTA

“Quando entrar setembro e a boa nova andar nos campos (…)”, e a boa nova é o show “O Tempo Salta” de Daniella Alcarpe, dia 01 de setembro no Teatro Alfredo Mesquita.

Há que se escutar Daniella Alcarpe. Há muito de beleza. Há muito de responsabilidade. Com os compositores que escolheu cantar, com seus ouvintes.

Formada em Música e recentemente pós-graduada em “Cancão Popular”, Daniella há anos pesquisa o nosso cancioneiro, numa carreira dedicada a cantar o que há de mais brasileiro na música popular brasileira. Foi assim com o primeiro CD, que trouxe vários ritmos tradicionais do nosso Brasil. É assim com o segundo CD, “O Tempo Salta” em que Daniella reúne músicas consagradas e composições inéditas mostrando, com sua seleção, que por mais que o tempo salte, a beleza da tradição da nossa música popular está viva e vai muito bem, renascendo todos os dias no coração de novos compositores ou daqueles já admirados pelo público. Por isso, ao lado de um novíssimo tango à brasileira, Lágrima de Amor, de Tiê Alves, escutamos jóias como “Trem das Cores” de Caetano Veloso, “Passarim” de Zé de Riba e “Chorando em 2001” de Carlos Careqa, com participação do autor na gravação da faixa.

Ouça o álbum “O Tempo Salta”:

Com sua voz preparadíssima e interpretação impecável, Daniella conta histórias sobre o tempo. O tempo de dentro, que salta, que para, que corre, que sempre surpreende. As canções, com arranjos de João Marcondes, traduzem estes tempos pelos quais todos nós passamos. Tempos de dor, de dúvida, de pouco entendimento. E tempos de amor, de contemplação, de serenidade. Tempos de gratidão.

SERVIÇO:

“DANIELLA ALCARPE “O TEMPO SALTA”

DATA: 01.09.2013

HORÁRIO: 19:00

LOCAL – TEATRO ALFREDO MESQUITA, AVENIDA SANTOS DUMONT, 1770 – SANTANA – (11) 2221-3657

ENTRADA FRANCA

paolacapa-cd

“Para trás não dá pra ir, para trás não dá pra olhar demais” – com estas palavras, Paola Pelosini abre seu disco de estreia, “Um”, indicando o sentido da viagem na qual acabamos de embarcar. Paola é jornalista e apresentadora de um programa de rádio. Já foi contrabaixista de bandas do underground paulista e hoje é cantora e compositora, e é a convidada desta sexta-feira do PROGRAMA TA LIGADO da http://www.alltv.com.br, a partir das 16h.

Assista ao vídeo clipe “Delicia”:

Em “Um”, todo de composições próprias, Paola caminha pelo reggae, dub, afrobeat, rock, pop e samba, ritmos que sempre a influenciaram, sem embora se prender a nenhum destes rótulos. O resultado é novidade, caracterizado pela sua maneira de compor, que conduz estas diferentes escolhas a uma mesma identidade. Produzido por Zé Nigro, também responsável pelos arranjos e mixado por Gustavo Lenza, “Um” traz um talentoso time de músicos de São Paulo: André Caccia Bava, Azeitona, Betão Aguiar, Bruno Buarque, Claudio Tchernev, Dj EugênioLima, Fefê Gurman, Guilherme Kastrup, Hugo Hori, James Müller, Jota Erre, Jr. Boca, Juliano Beccari, Kuki Stolarski, Mario Manga, Otavio Carvalho, Dj PG, Ricardo Carneiro e Samuel Fraga. No show, Paola interpreta as músicas do cd e também algumas versões. Ao vivo os arranjos ficam ainda mais interessantes, das essencialmente rítmicas “Quem Vai” e “Beira do Mar” até os momentos mais reflexivos em “Assim” e “Pérolas e tubarão”.