Posts com Tag ‘Cinema’

Essa é para quem é Bondmaniaco como eu!!  007 – Operação Skyfall estréia dia 26 de outubro nos cinemas.

SINOPSE E DETALHES

O vazamento de dados confidenciais revela a posição de diversos agentes infiltrados em células terroristas, colocando suas vidas em risco. O próprio James Bond (Daniel Craig) é um dos afetados e precisa demonstrar sua lealdade a M (Judi Dench) para ajudá-la a resolver o problema. Logo ele passa a investigar quem está por trás do ataque ao MI6 e percebe que o responsável está bastante familiarizado com o modo de funcionamento da agência de espionagem britânica, por ter sido um de seus agentes no passado. Dirigido por Sam Mendes e com Javier Bardem, Ralph Fiennes, Albert Finney, Helen McCrory e Ben Whishaw no elenco.

Assista SKYFALL – Official Super Trailer:

Um dos maiores movimentos culturais do Brasil ganha vida nesse documentário. Numa época em que a liberdade de expressão perdia força, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Tom Zé, Gal Costa, Arnaldo Baptista, Rita Lee, entre outros, misturam tradições populares às novidades internacionais criando o Tropicalismo, que abalou as estruturas da música popular brasileira influenciando várias gerações. Com depoimentos reveladores, raras imagens de arquivo e embalado pelas canções do período, Tropicália nos dá um panorama definitivo de um dos mais fascinantes movimentos culturais do Brasil.

Assista ao trailer de Tropicália:

O cinema brasileiro foi pródigo na seara dos documentários musicais na última década. De Nélson Freire a A Música Segundo Tom Jobim, muitos foram os artistas homenageados e relembrados pelos mais diversos diretores. Entretanto, apesar da quantidade, poucos foram os filmes que buscaram compreender movimentos musicais da história do país. Tropicália vem suprir um pouco esta lacuna, ao apresentar o movimento liderado por Caetano Veloso e Gilberto Gil que teve início em 1967 e chegou ao fim apenas dois anos depois, graças ao exílio imposto pela ditadura militar. Assim como boa parte dos documentários musicais, o filme aposta firme nos depoimentos das pessoas envolvidas com a Tropicália. Desta forma é explicado de onde veio o nome, as influências além da música, os conceitos teóricos – “é uma salada antropofágica, uma mistura dos erros cometidos pelo país” -, os artistas que faziam parte do grupo e aqueles que o apoiavam. Entretanto, o grande pulo do gato do diretor Marcelo Machado é mostrar tais explicações a partir das imagens da época. Ou seja, ao invés de “parar” o filme para acompanhar alguém falando, o espectador tem a chance de ver cenas do período com o áudio comentando sobre aquele momento em especial. Este simples artifício dá ao filme uma dinâmica incrível, auxiliado por uma edição esperta e algumas brincadeiras visuais bacanas, como a inserção de um curativo na borda de uma imagem antiga de má qualidade. Além da narrativa ágil, Tropicália conta com algumas pérolas da música brasileira. Entre elas a célebre apresentação de Gilberto Gil com os Mutantes ao cantar “Domingo no Parque”, exibida também no documentário Uma Noite em 67, e cenas de Caetano no III Festival Internacional da Canção, onde é vaiado ao cantar “É Proibido Proibir”. As dezenas de fotos e imagens de arquivo revelam também um minucioso trabalho de pesquisa, crucial para a compreensão não apenas do movimento mas da própria época retratada. Já em sua reta final, o filme ganha peso ao retratar o manto da ditadura agindo sobre os músicos e o quanto ela influenciou em suas vidas. Este é o único trecho em que a câmera acompanha os entrevistados, pela relevância do que é dito, como no depoimento de Tom Zé, ou das reações faciais, no caso de Gil e Caetano ao verem cenas após o retorno do exílio. Como um todo, Tropicália alcança seu objetivo: retratar o movimento sem ser careta, com um pouco da mistura e da alegria que seu próprio objeto de estudo representava. Um bom filme, para iniciantes e iniciados no tema.

Plaga Zombie: Zona Mutante: Revolución Tóxica

Argentina, 2011 / 90’

Estes talentosos irmãos Argentinos, estão divulgando o nosso Blog, , e nada melhor que apresentarmos o que realmente há de melhor no gênero terror do cinema argentino, através do último episódio criado pela FARSA Producciones. Tres dias passaram desde o avistamento de OVNI em primeiro lugar e levou apenas três dias os invasores raptarem todos os moradores para deixá-lo vazio. Um punhado de civis conseguiram se reunir, para combater a ameaça dos invasores, e fazer um plano para tentar salvar o planeta da invasão alienígena zombie. Bill Johnson, John West e Max Giggs voltam no terceiro episódio e último da trilogia clássica criada por FARSA Producciones, que ao longo de quase 15 anos se tornou objeto de culto em todo o mundo. Quase 15 anos depois, a equipe que fez os filmes originais uniram-se para a Revolução Toxic, e completaram a primeira trilogia de mortos-vivos na América Latina. Um filme épico, o clímax de uma história que mudou a visão de cinema de gênero na Argentina.

Assista ao Trailer:

 

Direção: Hernán Sáez e Pablo Parés

Diretor Convidado: Paulo Soria

Produção: Matías Nutkiewicz e Paulo Soria

Historia: Paulo Soria, Sebastián Berta Muñiz, Walter Cornás, Hernán Sáez e Pablo Parés

Roteiro: Paulo Soria, Pablo Parés e Hernán Sáez

Arte e Figurino: Walter Cornás

Fotografia: Diego Echave

Fotografia adicional: Mariano Suárez

FX: Rabbid FX

Música: Pablo Vostrouski

Som: Mariano Suárez

Assistente de Direção: Julia Lenzberg

Produtor Associado: Filipe Melo, O Pato Profissional LTDA (Portugal)

Elenco: Hernán Sáez, Sebastián Berta Muñiz, Pablo Parés, Walter Cornás, Paulo Soria, Diego Parés, Esteban Podetti, Pablo Fayó.

 

Plaga Zombie: Zona Mutante: Revolución Tóxica

Argentina, 2011 / 90’

 

 

Estos talentosos hermanos de Buenos Aires, se revelar nuestro Blog, y nada mejor que introducir lo que realmente es el mejor en el género de terror del cine argentino, a través del último episodio creado por FARSA Producciones. Tres días han pasado desde que el avistamiento de ovnis en el primer lugar y en tan sólo tres días los invasores secuestran a todos los residentes a dejar en blanco. Un puñado de civiles fueron capaces de reunir, para combatir la amenaza de los invasores, y hacer un plan para tratar de salvar el planeta de la invasión zombie alienígena. Bill Johnson, John West y Max Giggs de nuevo en el episodio de la tercera y última de la trilogía clásica creada por Producciones Humbug, que a lo largo de casi 15 años se convirtió en objeto de culto en todo el mundo. Casi 15 años más tarde, el equipo que hizo las películas originales se unieron para la Revolución tóxico, y completó la primera trilogía de muertos vivientes en América Latina. Una película épica, el clímax de una historia que cambió la visión del cine de género en la Argentina ..

 

 

Dirección: Hernán Sáez y Pablo Parés

Director invitado: Paulo Soria

Producción: Matías Nutkiewicz y Paulo Soria

Historia: Paulo Soria, Sebastián Berta Muñiz, Walter Cornás, Hernán Sáez y Pablo Parés

Guión: Paulo Soria, Pablo Parés y Hernán Sáez

Arte y vestuario: Walter Cornás

Fotografía: Diego Echave

Fotografía adicional: Mariano Suárez

FX: Rabbid FX

Música: Pablo Vostrouski

Sonido: Mariano Suárez

Asistente de dirección: Julia Lenzberg

Productor asociado: Filipe Melo, O Pato Profissional LTDA (Portugal)

Elenco: Hernán Sáez, Sebastián Berta Muñiz, Pablo Parés, Walter Cornás, Paulo Soria, Diego Parés, Esteban Podetti, Pablo Fayó.

Após um exaustivo dia de trabalho, Luís acorda no meio da madrugada. Desesperado, sai às ruas em uma busca misteriosa. Conforme o tempo passa, fica cada vez mais difícil conseguir o que procura. Esta é o sinopse do curta VONTADE dirigido e roteirizado por FABIANA SERVILHA, que está no Festival ArtDeco de Cinema. O Festival, em sua quarta edição, Veículo para difusão e premiação da produção audiovisual de ficção e documental no formato de curta metragem. Tem o objetivo de exibir trabalhos de cineastas pouco divulgados. Promover encontros, debates, intercâmbio entre produtores, atores e espectadores, criando um ambiente propício ao entrosamento cultural. 

FILMOGRAFIA DA DIRETORA – Fabiana Servilha estudou direção cinematográfica na Academia Internacional de Cinema de São Paulo, dirigiu o curta metragem “Aqueles Olhos” em 16 mm/ horror que ganhou o prêmio Estimulo Estudante no festival Cinefantasy 2010, em seguida dirigiu o “Vontade”/ thriller e o média metragem “Estrela Radiante”/ ficção científica/horror como projeto de TCC. Email para contato: fabiana.servilha@bol.com.br.

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

título = VONTADE / WILL

formato = HD cam

formato exibição = DVD

data produção = junho 2010

 finalização = julho 2011

Classificação = 14 anos

Língua = Português

legenda = Inglês

gênero = Thriller

tipo = Ficção

janela = 1,77       16/9

categoria = Estudante

cidade estado país = São Paulo SP/ Brasil

cor = Colorido

som = Carla Monteiro

duração = 10 minutos

direção = Fabiana Servilha

elenco = Alexandre Rabello; Douglas Domingues; Marina Ballarin

roteiro = Fabiana Servilha

empresa produtora = Pulso Filmes

direção produção = Cinema do Medo

produção executiva = Carla Monteiro

direção fotografia = Henrique Rodriguez

direção arte = Stefanni Marion

 montagem / edição = André Coletti

trilha sonora = Rodrigo Bojikian

designer de Créditos = Rafael Tiede

 

Parece que a grande estratégia em Hollywood no momento para o lançamento de seus filmes é a fusão entre 3-D filmado e convertido. Segundo o Blue Sky Disney, a Walt Disney Pictures estuda justamente essa ideia – cada vez mais presente nas notícias de novas produções – para as filmagens de Piratas do Caribe 4. Pirates of the Caribbean: On Stranger Tides deve ser em sua maioria rodado em 3-D. Um terço do filme, porém, especialmente as cenas de ação, que envolvem correria com câmeras (as 3-D são pesadíssimas) e sequências com muita computação gráfica, devem ser filmadas de maneira convencional e convertidas na pós-produção. Em outra notícia sobre o filme, o britânico Stephen Graham (o Baby Face Nelson de Inimigos Públicos) está atualmente negociando para um papel na aventura. Ele pode viver um personagem chamado Scram. O roteiro de Pirates of the Caribbean: On Stranger Tides enfoca a busca da mítica Fonte de Juventude – história baseada no livro On Stranger Tides, de Tim Powers – e está sendo adaptado pelos autores do original, Terry Rossio e Ted Elliot. Rob Marshall (Chicago) dirige a partir de junho. Ao contrário dos filmes anteriores, rodados nas Bahamas, o quarto será filmado no Havaí. A estreia é prevista para 20 de maio de 2011.